Marketing pessoal e profissional nas redes sociais
Marketing pessoal e profissional nas redes sociais

Marketing pessoal e profissional nas redes sociais

Dicas de marketing pessoal e profissional nas redes sociais. Veja como as mídias sociais ppodem lhe ajudar em seu marketing pessoal e profissional.
Dicas de marketing pessoal e profissional nas redes sociais

As mídias sociais podem ser uma excelente oportunidade de negócios para empresas e pessoas. Usando de forma inteligente as técnicas adequadas de comunicação para se dirigir aos públicos desejados, você pode construir rapidamente, e consolidar ao longo do tempo, uma reputação de competência e expertise em praticamente qualquer área de conhecimento.

Os fatores-chaves para o sucesso de um projeto de marketing pessoal e profissional na internet podem ser agrupados em duas áreas-chaves: valores e mídias.

Ao longo deste artigo, apresentaremos os conceitos essenciais a uma eficiente abordagem de cada uma dessas áreas-chaves tendo em vista a promoção de suas qualidades profissionais.

Valores e Comportamentos – A hora de mostrar quem você é

Muitas pessoas ainda se enganam pensando que o sucesso profissional é uma simples questão de acumular títulos e diplomas quando, de fato, as pessoas responsáveis pela contratação de profissionais sabem que sua tarefa é escolher alguém para conviver com os demais membros da equipe durante 8 horas por dia.

Mesmo que você não esteja pleiteando um cargo efetivo, mas apenas serviços free-lance ou de curso limitado, o fato é que pessoas terão de conviver com você durante a execução do serviço. Você pode ter certeza de que uma pessoa competente e fácil de conviver sempre terá vantagem sobre uma pessoa competente, mas de difícil convivência.

Por isso, seu comportamento nas mídias sociais deve revelar ao público que você é uma pessoa fácil de conviver. Para atingir esse objetivo, você deve, antes de tudo, colocar as relações humanas em primeiro plano na sua escala de valores.

Em termos simples: entre perder um amigo e perder a piada, perca a piada.

É claro que bom humor é sempre melhor do que o mau humor. Mas não confunda bom humor com piadas que humilham, ofendem ou magoam as pessoas.

Posicionar as relações humanas em primeiro plano na sua escala de valores significa abrir mão de todo comportamento seu que possa causar uma sensação ruim nas outras pessoas. O seu objetivo é associar o seu nome e o seu rosto – a sua “marca pessoal” – a ideias e pensamentos positivos e agradáveis.

Algumas dicas:

Evite discussões

Não entre em longas “guerras de opinião”. Se você tem uma opinião sobre um tema, diga qual é e encerre o assunto. Caso receba uma réplica agressiva ou ofensiva ao seu comentário, apague seu comentário, bloqueie o agressor ou, se for o caso, denuncie-o à rede social. Participar de discussões está completamente fora das regras de etiqueta no LinkedIn, por isso, esqueça.

Em situações extremas, você pode até recorrer à Justiça. Mas, seja qual for o motivo ou assunto, jamais seja visto “batendo boca” com outras pessoas nas redes sociais. Afinal, os seus potenciais contratantes vão logo imaginar você envolvido em acalorados bate-bocas com eles mesmos após sua contratação!

Ofereça antes de pedir

A internet é uma mídia que tradicionalmente recompensa o comportamento colaborativo e pune rigorosamente os parasitas. Aquelas pessoas que desde o primeiro contato já começam a pedir coisas são as perdedoras contumazes nessa mídia.

Para ser um vencedor no marketing pessoal na mídias sociais, você deve estar disposto a oferecer seu conhecimento de graça durante algum tempo, até que o grupo permita que você se sinta autorizado a pedir favores e oferecer produtos.

Você não é mais sábio do que os outros

As relações humanas na internet, especialmente nas redes sociais, têm um caráter de igualitarismo anárquico, em que a opinião de um adolescente pode valer tanto ou mais quanto a de um profissional com 20 anos de experiência. A chave para o julgamento das pessoas é a qualidade da informação que cada um oferece, não os seus títulos ou cargos.

Enfim, se você adotar as relações humanas como valores prioritários em sua estratégia de desenvolvimento profissional, você já terá a maior parte do que é necessário para obter sucesso em sua comunicação nas mídias sociais. Veremos agora algumas maneiras de fazer sua mensagem chegar até as pessoas certas.

Mídias – Os lugares certos para chegar às pessoas certas

As mídias influenciam a forma com que recebemos as mensagens de tantas maneiras diferentes que certo teórico bastante famoso chegou a afirmar – com algum exagero – que elas próprias são as mensagens.

Na internet, esse exagero quase pode ser tomado como se fosse literal, tamanha é a variedade de mídias à sua disposição para chegar a mais ampla variedade de públicos imaginável. Vamos ver algumas dicas para você obter sucesso nas mídias mais badaladas.

Blog

Quem quer adquirir uma reputação de bom profissional em seu mercado precisa, antes de qualquer coisa, criar um blog profissional consistente. Em seu blog, você deve registrar mais do que sua “opinião”: é o lugar certo para demonstrar o seu conhecimento.

Conte histórias, estudos de casos, compartilhe textos teóricos com dicas práticas. Analise o noticiário especializado e ofereça sua opinião. Enfim, o blog não é uma mídia para quem gosta de escrever pouco.

O famoso conselho “não escreva muito, porque as pessoas não gostam de ler textos longos na internet” é um mito criado por uma pesquisa realizada ainda na década de 1990, uma época em que os monitores ofereciam uma experiência de leitura extraordinariamente ruim.

Escreva o bastante para mostrar o seu conhecimento sobre o tema. Caso precise de um número mínimo como orientação, evite publicar posts com menos do que 300 palavras.

Caso você precise publicar um post com mais do que 2000 palavras, talvez você ache conveniente dividi-lo em partes ou em páginas de leitura.

Facebook

O Facebook é a mídia ideal para compartilhar conhecimento em doses pequenas. Dedique algumas horas por dia a pesquisar artigos, vídeos, imagens e infográficos sobre sua área de interesse e publique esse conteúdo em seu perfil junto com uma pequena análise pessoal do motivo porque você acha que seus leitores devem se interessar pelo conteúdo compartilhado.

Ao dar esse toque pessoal aos seus compartilhamentos, você mostra às pessoas que você tem ampla capacidade de entender e analisar o conteúdo que está compartilhando.

Twitter

O Twitter é o lugar perfeito para compartilhar conhecimento sob a forma de “pílulas”. Uma boa dica é escolher um texto interessante e dissecá-lo sob a forma de uma sequência de “aforismas” profissionais que podem ser apresentados como uma síntese de sua visão sobre o desenvolvimento de seu mercado ou sua profissão.

Linkedin

O LinkedIn é a mídia de “paletó e gravata” por excelência, onde você pode mostrar ao público sua capacidade de se adequar ao ambiente formal de uma empresa. Em termos de recursos tecnológicos, é bastante semelhante ao Facebook, com a diferença de que, no Linkedin espera-se um comportamento mais “gerencial” por parte das pessoas.

Fóruns de discussão e grupos temáticos

Esse tipo de mídia está presente em toda parte desde o início da internet, inclusive nas redes sociais Facebook e Linkedin. A principal dica é adotar uma atitude de colaborar com o grupo, trazendo sempre informação relevante, sem entrar em bate-bocas e guerras de egos.

As redes sociais oferecem a todas as pessoas a oportunidade de aparecer do jeito certo para a pessoa certa. O seu primeiro passo para aproveitar essa oportunidade é preocupar-se em como você deseja aparecer.

Planeje sua atuação de forma a mostrar, a cada participação, o seu conhecimento profissional e seu cuidado no trato com as pessoas. Agindo assim, você rapidamente formará uma reputação de bom profissional que se converterá em contratações, realizando o sucesso que você tanto deseja.

Por Géssica Hellmann no portal Business Review Brasil

Marketing pessoal e profissional nas redes sociais
5 (100%) 7 votes